Vai como pode: poesia ou saudade

Vai como pode: poesia ou saudade

A obra está repleta de sentimentos e inspirações as quais transformam todos os dias da vida. Cada poesia lida pode emocionar e incentivar reflexões. A autora dedica aos pacientes e acompanhantes que foram os protagonistas das singelas palavras transtormadas em poesia. Homenageia as avós Dulce e Maria Celis e que tem muito orgulho de contar o que representaram para ela.


Ficha Técnica 

AUTORA: Carolina Miranda do Espírito Santo 
EDIÇÃO: 1° edição 
GÊNERO: Poesia
PÁGINAS: 50 
FORMATO: 14 X 21 cm
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2021
ENCADERNAÇÃO: Brochura
    R$ 20,00Preço